O que as crianças andam dizendo é poesia

Publicado por

As crianças são ótimas com as palavras e composições, que podem ser divertidas ou esdrúxulas. Podemos aproveitar esses dias em casa para anotar frases, perguntas e palavras ditas por elas e criar poemas a partir disso. É divertido de fazer, além de ser uma forma de registrarmos as gracinhas que elas falam e, especialmente, as memórias afetivas da sua infância.

Fizemos um poema para inspirar vocês a ler e escrever poesias.

a melhor coisa do mundo
é ter tempo pra ficar em casa
com quem amamos como sorvete
e que leia poesia pra gente

pode ser numa barraca mágica
pode ser no sofá da sala
pode também se imaginar na Guatemala

E escolhemos três poemas do livro Poemas com macarrão, do poeta Fabrício Corsaletti, como sugestão de leitura com as crianças. Vocês conhecem este livro? Nós conhecemos agora e adoramos. Logo ele entrará para o acervo da escola.

Boa leitura!

IMG_8904
Imagem: acervo Escola Upiá.

Canção do vento e da argila

venta nos galhos das árvores
e nos braços de Camila
me digam se estou maluco
mas vento é que nem argila

ganha a forma que quiser
vira bicho e vira planta
o vento e a argila podem
ser um coqueiro ou uma anta

a argila, a gente ajuda
a achar o destino certo
o vento sopra sozinho
sobre as tendas do deserto

vento é a alma das coisas
argila é a coisa em si
argila fica parada
vento não está mais aqui

Imagem: acervo Escola Upiá.

Balada do chinelo

sou amigo da Joana
sou amigo do Marcelo
um bovino adolescente
é chamado de vitelo
antigamente morria
muita gente nos duelos
não tinha água encanada
naqueles lindos castelos
como é bom ficar em casa
descalço ou só de chinelo!

quando crescer, quero muito
poder usar um martelo
para ajudar minha mãe
a pendurar quadros belos
entender a diferença
entre uma faca e um cutelo
deixar o jardim tinindo
com um reluzente castelo
e vou fazer tudo isso
descalço ou só de chinelo

que a boa sorte me livre
de torcer meu tornozelo
dizem que dóis pra caramba
mesmo se colocar gelo
num sovaco sou careca
mas no outro tenho pelo
meu sonho: andar no Saara
na corcova de um camelo
depois, no hotel, relaxar
descalço ou só de chinelo

há tantas coisas no mundo
Japão, balão, cogumelo!
viver de papo pro ar
descalço ou só de chinelo

Imagem: acervo Escola Upiá.

Fabrício Corsaletti, Cia. das Letrinhas Brasil, 2018
https://www.companhiadasletras.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s