Carrinhos de madeira: pensar a mobilidade para além do consumo estético.

Publicado por

Certamente todos os que já passaram ou fazem parte da Upiá já ouviram/ouvem falar dos brinquedos artesanais que estão nas salas. Mas você sabe quem os produziu? Qual a intenção deles?
Nas semanas que antecederam a suspensão das atividades o assunto mais comentado nos corredores era os novos carrinhos de madeira. Dado esse fato, pedimos que o artista visual Maurício Pons, que atua na oficina “Barro Duro” da Escola Upiá, falasse mais desses novos brinquedos para a gente.

Oficina de argila “Barro duro”, na Escola Upiá.

“Carrinhos de madeira: pensar a mobilidade para além do consumo estético”, por Maurício Pons.

Nos últimos anos, realizei a produção de duas séries com designs diferentes para as crianças da Escola Upiá. A primeira série foi confeccionada a partir de modelos de veículos convencionais: carros, ônibus e caminhões, e a segunda foi produzida a partir da ideia de veículos futuristas.
Em ambas as séries, cada carrinho é único e possui características variadas, tendo como referência brinquedos sugeridos por pedagogias libertárias de aprendizagem Montessoriana e Waldorf. Os brinquedos foram produzidos com o reaproveitamento de materiais, madeiras que um dia já foram outros objetos e, para os eixos, optei por utilizar lápis de cor.

Ateliê de Maurício Pons, espaço de produção dos carrinhos de madeira.


Os brinquedos são pensados para o livre brincar, assim, as madeiras foram tratadas com óleo de linho e azeite de oliva, para as crianças poderem experimentar as texturas com todos os sentidos, podendo colocar na boca sem medo, pois não possuem nenhum verniz de origem química como convencionalmente encontramos no mercado.
As duas séries de carrinhos são desenvolvidas com o propósito de proporcionar ergonomia para as mãozinhas dos pequenos, portanto não possuem cantos retos ou ângulos pontiagudos que possam dificultar o manuseio ou machucar na melhor hora, a hora da brincadeira!
A série dos carrinhos futuristas possuem um círculo no centro, dando a ideia de janelas, mas o principal intuito é poder servir para as crianças de 0 a 2 anos que tem as mãos pequeninas, facilitando, assim, a empunhadura para o manuseio quando estiver brincando. Cabe ressaltar que cada carrinho foi feito individualmente e a mão.

Projeto dos carrinhos e um dos modelos desenhados por Maurício.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s